Casos de coronavírus aumentam 300% em Indaiatuba no mês de junho

Cidades

Mortes por Covid-19 chegam a 48 no município; nos últimos 19 dias foram 23

A Secretaria de Saúde contabilizou nesta sexta-feira (19) mais dois óbitos decorrentes da infecção pelo coronavírus e sobe para 48 o total. No dia 1 de junho, quando o comércio foi autorizado a retomar suas atividades, eram 25 mortes. Trata-se de um paciente, masculino 75 anos, estava internado desde o dia 11 de junho no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), tinha hipertensão e obesidade foi a óbito. Outro paciente, feminino 62 anos deu entrada no Haoc no dia 13 de junho, tinha diabetes e hipertensão, também faleceu nesta sexta-feira (19).

Foram acrescentadas 536 notificações nesta sexta-feira (19), contabilizados mais 80 casos positivos de Covid-19 e descartados 336 suspeitos. Indaiatuba soma 5.566 notificações; 840 confirmados, sendo que 48 evoluíram a óbito; 758 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 34 confirmados estão internados. Ainda há outros 240 casos suspeitos aguardando resultado.

No dia 1 de junho, Indaiatuba possuía 276 casos de Covid-19. Com os dados divulgados na sexta-feira (19) com 840 casos confirmados, a cidade registrou um aumento de 304%. O número de mortes neste período quase que dobrou em apenas 19 dias, passando de 25 registros em 1 de junho para 48 nesta sexta-feira (19).  

Segundo dados da administração municipal, atualmente há 40 internados em leito clínico e 25 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 67% para o Haoc e 100% para o Hospital Santa Ignês, referente aos leitos de UTI para o Haoc é de 75% e para o Hospital Santa Ignês 58%.

Foto: Indaiatuba News / Grupo RVC

Deixe uma resposta