Prefeitura gasta R$ 424 mil em abrigos de ônibus

Cidades

Essa obrigação anteriormente era das empresas que detêm a concessão do serviço público de transporte coletivo urbano

Com quatro meses de atraso, empresa contratada pela administração municipal iniciou a instalação de novos abrigos de ônibus. A prefeitura de Indaiatuba realizou contratação por tomada de preços 12/19 de empresa de engenharia especializada para construção e instalação inicialmente de 41 pontos de abrigos de ônibus em vários locais no município. O contrato foi assinado pelo prefeito Nilson Gaspar (MDB) e a empresa Faconstru Construção, Sinalização, Administração e Participações Eireli, em 30 de outubro de 2019. A empresa que está sediada na cidade de São Paulo já assinou mais de 10 contratos de obras com a municipalidade desde 2006.

Anteriormente, essa obrigação de instalação de novos abrigos de ônibus no município e a sua manutenção, era das empresas que detêm a concessão do serviço público de transporte coletivo urbano. Porém a última licitação, realizada pelo prefeito Nilson Gaspar retirou essa obrigação da empresa.  

Os valores unitários constantes na planilha de orçamento que integra o presente instrumento, indicam custo de material R$ 5.831,03 (70%) e de mão de obra R$ 2.499,02 (30%), totalizando o custo de R$ 8.330,00 por abrigo de ônibus. O valor total do contrato assinado foi R$ 341.532 e a instalação prevista inicialmente era em 90 dias.

A estrutura metálica dos novos pontos de ônibus cobertos com telha termoacústica tem 1,46m de largura e 3,16m de comprimento (4,6m2), com um banco de madeira e um espaço reservado para pessoa com deficiência.

Em 19 de fevereiro e 2020 foi assinado um aditamento ao contrato, incluindo mais 10 pontos de abrigos para ônibus, com isso o valor do contrato saltou para R$ 424.832, um acréscimo de R$ 83.300 (24,3%).

Em 6 de março foi assinado o segundo aditamento ao contrato, prorrogando por mais 60 dias a instalação dos equipamentos públicos, até 26 de abril. Já em 30 de abril foi assinado o terceiro aditamento, prorrogando as instalações por mais 90 dias, até 25 de julho.

Os 51 abrigos de ônibus do modelo novo têm fechamento parcial por vidros e iluminação com fitas de Led. Segundo a administração municipal, a novidade atenderá inicialmente as principais avenidas da cidade.

Atualmente, o município conta com 238 abrigos instalados em paradas de ônibus. Segundo informações da administração municipal, os abrigos novos foram adquiridos com recursos próprios, e já foi enviado projeto ao Governo do Estado para buscar verba, aproximadamente R$ 1,6 milhão, para a implantação de outras 200 unidades.

Foto: Indaiatuba News/Grupo RVC

One thought on “Prefeitura gasta R$ 424 mil em abrigos de ônibus

  • Meio milhão para colocar esses pontos mixurucas em uma cidade de 250 mil habitantes?
    Alô tribunal de contas do Estado e Ministério Publico. Tem angu nessd caroço…

Deixe uma resposta