Orquestra Sinfônica abre temporada 2020

Cultura

Concerto de abertura, no sábado (7), homenageia 250 anos de nascimento de Ludwig van Beethoven

A Orquestra Sinfônica de Indaiatuba abre a temporada 2020 celebrando os 250 anos de nascimento de Ludwig van Beethoven. O compositor alemão será homenageado no concerto marcado para sábado (7), às 20h, no Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba (Ciaei), no Jardim Regina. A entrada é gratuita.
“Beethoven é talvez o compositor mais importante para a música sinfônica, tanto que podemos dizer que existe o ‘antes de Beethoven’ e o ‘depois de Beethoven’”, destaca Paulo de Paula, diretor artístico e regente da orquestra. “Sua obra foi tão impactante que influenciou praticamente todos os compositores da geração seguinte.”
O regente conta que Beethoven compôs apenas uma ópera ao longo de sua vida: Fidelio. “Perfeccionista, ele escreveu quatro aberturas diferentes até chegar à versão final que, em sua opinião, melhor funcionava como introdução e ficou conhecida como Abertura Fidelio”, afirma. “As outras três, chamadas de Leonore 1, 2 e 3, ganharam vida própria e são frequentemente apresentadas nas salas de concerto.”
Conforme Paulo, Beethoven amava o campo e em sua obra é possível encontrar uma série de referências. Para o regente, em nenhuma delas o compositor se coloca tão abertamente quanto na Sexta Sinfonia. “Apesar de se inscrever no que chamamos música programática, a ‘Sinfonia Pastoral’, como bem diz o compositor, não é uma obra que busca trazer à mente uma imagem do campo, mas fazer com que o ouvinte possa experimentar, vivenciar as sensações que encontraria naquele ambiente”, analisa. “Mesmo nos momentos em que as evocações e imagens são claras, o que temos é a sensação, a força da música.”

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta