Primavera sofre 2 derrotas e troca de técnico

Esporte

Na estreia de Paulo Pereira, equipe perde para o Grêmio Osasco com gol aos 48 do 2º tempo; adversário de hoje é o Batatais

A semana não foi nada boa para o Primavera. No sábado, jogando em casa, a equipe perdeu para o Rio Preto por 3 a 0, resultado que provocou a queda do técnico Daniel Sabino. O substituto, Paulo Pereira (leia mais abaixo), estreou na quarta-feira, fora, contra o Grêmio Osasco. O time da casa conseguiu sua primeira vitória na Série A3 do Campeonato Paulista com um gol aos 48 minutos da etapa final. Com os resultados, o Fantasma da Ituana caiu três posições e está na zona de rebaixamento, com 4 pontos, três a mais que o lanterna Paulista de Jundiaí.
O Primavera começou o jogo em Osasco partindo para cima do Grêmio, que soube se defender. Os times fizeram uma partida equilibrada. No segundo tempo, a equipe da casa teve mais volume nos descontos. Já nos descontos, Bruno cobrou escanteio e a bola sobrou para Abeny mandar para o fundo do gol. O Fantasma entrou em campo com Cleber Alves; Silva, Rodrigo Arroz, Victor Henrique e Marcílio; Jairo Blumer, Matheus Silva, Anderson Pelé (Mateus Alves) e Jardisson; Thiago Nonato (Wagner) e Eric Mendes (China). Mateus Alves, Wagner e China entraram no decorrer da partida.
Há quatro jogos sem vencer, o Primavera busca a reabilitação neste sábado (15), às 15h, quando receberá o Batatais, terceiro colocado com 8 pontos. O adversário vem de derrota fora de casa: 3 a 0 para o Noreste de Bauru, líder da competição. Ainda amanhã, pela sexta rodada, jogam Desportivo Brasil x Grêmio Osasco, São Bernardo x Comercial, Paulista x Rio Preto, Velo Clube x Marília, Barretos x Nacional e Linense x Noroeste.

Novo técnico foi campeão pelo clube
O novo técnico do Primavera, Paulo Pereira, comandou o Primavera em 2018, quando a equipe conquistou o acesso à Série A3 ao conquistar o título da Segunda Divisão do Campeonato Paulista.
Como jogador, foi zagueiro do São Bento de Sorocaba e do Rio Branco do Espírito Santo. Durante mais de dez anos, atuou em Portugal e na Itália.
Na volta ao futebol brasileiro, participou de comissões técnicas em vários clubes. No Guarani de Campinas chegou a dirigir a equipe principal em 2013. Depois, foi auxiliar do irmão Silas em várias equipes.
Paulo Pereira estava no Iporá de Goiás, disputando o Campeonato Goiano. O técnico deixou a equipe após uma vitória, três empates e uma derrota, com 40% de aproveitamento. Daniel Sabino deixou o Primavera com 33,3% de aproveitamento – uma vitória, um empate e duas derrotas.

Foto: Lucas Menezes/ECP

Deixe uma resposta