AVALIAMOS | Chevrolet S10 Midnight

Auto Teste

A versão Midnight da picape média S10 segue os mesmos moldes dos utilitários da marca nos EUA. Traz diferenciais no visual e no acabamento interno e se posiciona entre as versões LT (R$ 162.590) e LTZ (R$ 185.190).
A picape que custa R$ 174.590 se diferencia das demais configurações da gama pelos logotipos da Chevrolet e a grade frontal com pintura na cor preta, emblemas “Midnight” na parte inferior das portas dianteiras e na tampa da caçamba, santo antônio e capota marítima do modelo High Country, faróis com luzes diurnas de LED de série, rodas de liga-leve de 18 polegadas pintada em um tom escurecido acetinado e carroceria na cor metálica Ouro Negro.
O inte rior é dotado de detalhes em preto brilhante no painel, revestimento do teto e das colunas escurecido e uma placa de aço escovado identificando a versão nos painéis das portas dianteiros.
Traz recursos tecnológicos das outras versões, como controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, volante multifuncional em couro com regulagem de altura, trio elétrico, direção elétrica progressiva, faróis e lanterna de neblina, sensor de estacionamento traseiro, sistema MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, sistema OnStar e retrovisor interno eletrocrômico.
A S10 Midnight é equipada com o motor 2.8 litros turbodiesel de quatro cilindros que rende 200 cavalos de potência, a 3.600 rpm, e 51 kgfm de torque, a 2.000 rpm. Traz transmissão automática de seis velocidades e tração 4×4.
A picape oferece as qualidades dinâmicas do restante da linha, com destaque para a baixa vibração em marcha lenta, baixo ruído e o sistema de suspensão bem calibrado, que evita grandes oscilações da carroceria mesmo com a caçamba vazia, oferecendo conforto para os passageiros.
Lançada em 2012 e reestilizada em 2016, a atual geração da Chevrolet S10 chama atenção nesta versão por onde passa, que aposta justamente no visual externo diferenciado esportivo.

Deixe uma resposta