Leitos de UTI exclusivos para Covid-19 estão chegando ao limite

Cidades

Dos 40 leitos que atendem pacientes de Indaiatuba pelo Sistema Único de Saúde (SUS), 36 estavam ocupados na terça-feira (16)

Boletim divulgado pela administração municipal na terça-feira (16) informou que estão ocupados 36 leitos de UTI para tratamento dos pacientes de Indaiatuba exclusivo da Covid-19 pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) tem 24 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a Covid-19 e a ocupação está em 92% e os 16 leitos que foram contratados pela Prefeitura de Indaiatuba no Hospital Samaritano na região para atender pacientes de Indaiatuba pelo SUS a ocupação está em 100%.

O custo da contratação de cada leito de UTI no Hospital Samaritano é de R$ 2.540,00 por dia que for utilizado desde dezembro. 

O Hospital Santa Ignês, do grupo Samaritano, que atende só convênios e particular, reduziu no ano passado de 10 para apenas 2 o número de leitos de UTI para tratamento da Covid-19 em Indaiatuba, está com 100% de ocupação.

Números 

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informou ainda o registro de mais um óbito com diagnóstico para Covid-19. Na terça-feira (16) foram registradas 277 notificações suspeitas (entre hospitais, laboratórios particulares e unidades de saúde), mais 40 casos positivo da doença e outros 237 exames tiveram resultado negativo.

O óbito aconteceu no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), um homem de 88 anos, internou no dia 14 desse mês e faleceu no dia seguinte, possuía Hipertensão, AVC e Fibrilação Arterial.

Desde o início da pandemia, 14.403 pessoas contraíram a doença no município. Desses, 14.021 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar; 340 evoluíram a óbito e 1.637 casos suspeitos aguardam resultados.

Na terça-feira (16) havia 62 internados, dos quais 42 estão confirmados para Covid-19. Do total, 26 estão em leitos clínicos e 36 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos é a seguinte: Leitos Clínicos Haoc: 40% e Santa Ignês: 47%. Na UTI do Haoc: 92%, no Santa Ignês: 100% e Leitos de UTI Externos Contratados: 100%.

One thought on “Leitos de UTI exclusivos para Covid-19 estão chegando ao limite

Deixe uma resposta