Cursos da UniMAX são avaliados pelo ranking Guia da Faculdade

Cidades

O Grupo UniEduK teve 30 cursos, entre as instituições de ensino UniMAX (Centro Universitário Max Planck de Indaiatuba) e UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna), bem avaliados pelo Guia da Faculdade, pesquisa realizada pela Quero Educação e o jornal O Estado de S. Paulo.

Pela UniMAX, Direito, Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) e Fisioterapia receberam quatro estrelas. Os cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Farmácia, Medicina Veterinária, Nutrição e Pedagogia ficaram com três estrelas.

Da UniFAJ, os cursos estrelados com quatro foram: Educação Física (Licenciatura e Bacharelado), Fisioterapia e Nutrição. Também foram bem avaliados, com três estrelas, Administração, Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Farmácia, Medicina Veterinária, Pedagogia e Psicologia.

Para o Grupo UniEduK, as estrelas conquistadas pelos cursos denotam o êxito dos investimentos feitos em infraestrutura, a qualidade da metodologia, além de professores com grande experiência no mercado de trabalho.

Sobre o ranking Guia da Faculdade Quero/Estadão

De acordo com os organizadores, o Guia da Faculdade analisou a qualidade de mais de 14 mil cursos superiores cadastrados no MEC (Ministério da Educação) entre Universidades, Centros Universitários, Faculdades e Institutos em todo o Brasil.

Para serem analisados, os cursos precisaram atender aos seguintes critérios: ter a titulação de Bacharelado ou Licenciatura, possuir ao menos uma primeira turma com alunos já formados até o fim de 2019 e estar com ao menos uma turma em andamento.

O gestor de cada curso avaliado respondeu um questionário com as principais características da sua graduação, com foco em três aspectos:

  • Corpo docente: perfil dos professores vinculados ao curso e dados quantitativos;
  • Projeto didático-pedagógico: características da proposta de ensino do curso;
  • Infraestrutura: características sobre o espaço físico, materiais e equipamentos oferecidos.

Esse questionário serviu de base para os avaliadores emitirem suas notas para os cursos. Em 2020, foram mais de 9.200 coordenadores e professores do Ensino Superior cadastrados voluntariamente. Para a classificação em estrelas, além das notas dadas na pesquisa atual, o Guia leva em consideração as notas concedidas na pesquisa do ano anterior.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta