Indaiatuba deve progredir de fase a partir da próxima segunda-feira

Cidades

Bares, restaurantes, academias e salões de beleza poderão retomar gradualmente as atividades por seis horas diárias

O governo do Estado deve anunciar nesta sexta-feira (7) a progressão da região de Saúde de Campinas, a qual Indaiatuba faz parte, para a fase amarela do Plano São Paulo e retomada gradual das atividades comerciais, quando bares, restaurantes, academias e salões de beleza poderão ser retomadas, com cumprimento de regras, e comércio de rua e shoppings poderão funcionar por seis horas diárias.
Segundo a secretaria estadual de Saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI nos 42 municípios voltou a cair para 64,9%. Essa taxa é o principal indicador avaliado na reclassificação das regiões no plano. Em Indaiatuba, a taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 88% no Haoc e 83% no Hospital Santa Ignês.
Foi publicado um novo decreto na quinta-feira (6) com mudanças no Plano São Paulo em relação à abertura de bares, restaurantes, padarias e outros serviços do setor de alimentos, nas regiões que estão na fase amarela do plano. Atualmente eles estão autorizados a atender clientes até às 17h, com período de seis horas de funcionamento por dia, que pode ser fracionado. Com a mudança, poderão abrir até 22h, mantendo as seis horas diárias. A mudança vale apenas para regiões que estão há 14 dias na fase amarela.
A região de Campinas ainda não será beneficiada com a mudança, pois deverá entrar na fase amarela na próxima segunda-feira (10). Se for confirmada a progressão de fase, o setor de alimentação poderá trabalhar com o novo horário depois de duas semanas. Ficará a critério de cada estabelecimento determinar se fará 6 horas corridas ou fracionadas, desde que no limite de 6 horas e desde o limite de 40% de ocupação do seu espaço sentado.
“Não será permitido em hipótese alguma serviço com pessoas em pé. Em todo o Estado, os consumidores deverão estar sentados, com obediência do critério de distanciamento. O atendimento deverá ser em ambientes arejados ou ao ar livre, dentro do que cada prefeitura estabelece”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

Foto: Votura Indaiatuba News/Grupo RVC

Deixe uma resposta