Prefeitura publica portaria que determina novo fechamento do comércio

Cidades

Administração municipal informou que denúncias podem ser realizadas pelo site e redes sociais da prefeitura ou pelo 0800 770 7702.

A administração municipal publicou na sexta-feira (3) a Portaria nº 645, que determina a partir desta segunda-feira (6) que o funcionamento de serviços e atividades presenciais não essenciais do comércio devem permanecer fechados em Indaiatuba.

As cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) nos últimos dias registraram um aumento do número de ocupação dos leitos hospitalares, voltando para fase 1 vermelha na avaliação do governo do Estado.

Em Indaiatuba, a taxa de ocupação dos leitos clínicos neste domingo (5) tanto no Haoc como no Hospital Santa Ignês é de 75%. Referente aos leitos de UTI a taxa de ocupação também é igual para os dois hospitais, 83%.

Somente estão autorizados a funcionar, indústria não essencial, construção civil, hospitais, clínicas e comércios essenciais, entre eles: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, mercados, supermercados, farmácias, postos de combustíveis, oficinas de veículos automotores, agropecuária e casas de material de construção.

Devem permanecer fechados, espaços públicos, atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércio, shopping centers, salões de beleza, academias, teatros, cinemas e proibição de eventos que geram aglomeração de pessoas. Bares e restaurantes poderão funcionar exclusivamente com serviço de entrega e drive thru.

Para haver a volta para fase 2 laranja, é preciso que a região apresente melhora nos indicadores, que incluem ocupação de leitos de UTI, leitos por 100 mil habitantes, número de novos casos, número de óbitos, entre outros) nos próximos 15 dias.

Foto: Votura Indaiatuba News/Grupo RVC

Deixe uma resposta