“A Caminho de Casa” mostra amor incondicional

Cinema

Comovente, o filme “A Caminho de Casa”, que estreou no Topázio Cinemas, retrata o amor incondicional e mostra os perigos enfrentados por um animal que vive sozinho nas ruas.
Bella soube desde cedo o que é ficar longe de quem se ama. Quando encontrou seu humano, pensou que teria alguém para sempre, mas eles acabaram separados, e a cadela enfrentou uma longa viagem e muitos desafios para voltar para casa.
Baseado no livro homônimo de W. Bruce Cameron, também autor de “Quatro Vidas de um Cachorro”, o filme conta com lindas imagens, um puma animado digitalmente e é narrado pela cadela.
Na trama, Bella vive em um terreno abandonado com a mãe e alguns gatos e se apaixona por Lucas (Jonah Hauer-King), que visita o local frequentemente, preocupado que pudesse ser demolido com os bichos dentro.
Adotada, Bella acaba fugindo de casa ao perseguir um esquilo e fica na mira do controle de animais. Para protege-la, a família envia a cadela a outra cidade. Sem saber que seria temporário, inconformada por estar longe do seu humano querido e determinada a encontrá-lo, a cadela enfrenta uma caminhada de cerca de 600 km, que dura aproximadamente dois anos. No caminho, enfrenta fome, saudade, os riscos que todo animal sofre nas ruas e conhece pessoas e outros animais, como um filhote de puma. E, apesar de se apegar a eles, precisa continuar a jornada para reencontrar sua família.
O filme mostra ainda o benefício da interação de pacientes com animais, ao colocar Bella com um grupo em tratamento no Hospital dos Veteranos.

Deixe uma resposta