Rotarys vão plantar mais 200 mudas às margens do Capivari-Mirim

Cidades

Integrantes do Rotary E-Club 4310, dos Rotary Clubes Indaiatuba, Indaiatuba Votura, Indaiatuba Cocaes, Indaiatuba Inspiração e também do Rotaract, Interact e Rotakids de Indaiatuba se reúnem neste sábado (22), para visitar área de plantio na barragem do Capivari-Mirim.
Batizada de Projeto Revisita à Restauração Ecológica e Complemento de Plantio na área no entorno do reservatório do Capivari-Mirim, a ação prevê diversas atividades, e tem início previsto às 9h, na Casa da Amizade de Indaiatuba. Os Rotarys de Indaiatuba têm colaborado na formação e monitoramento desse parque.
“O plantio de matas ciliares, proteção de nascentes e a conservação do solo são medidas essenciais para proteger e conservar nossas águas. Mas, nesse projeto, que tem o apoio da família rotária de Indaiatuba e do SAAE-Indaiatuba, queremos ir além e valorizar o conceito do ‘plante e cuide’. Isso porque não basta fazer plantios e depois deixar que a natureza se encarregue do crescimento das mudas. Só teremos árvores se houver manutenção por alguns anos.” diz Rui Brasil Assis, presidente do E-Club 4310.
Segundo informações, a barragem está em operação desde 2015 e foi construída com a proposta de regularizar a vazão do manancial, que hoje fornece cerca de 40% da água consumida no município. Já naquele ano, foram plantadas no seu entorno 110 mil mudas de árvores em uma área de 275 mil m², formando um parque ecológico de uso público.
A proposta desse plantio de grandes proporções foi garantir a proteção do manancial do assoreamento, conservação da flora e da fauna regionais. Os Rotary Clubes de Indaiatuba participaram dessa ação e mantêm as visitas às áreas.
No ano passado, o Rotary Cocaes plantou mais 5 mil mudas e, neste sábado, para garantir simbolicamente a continuidade da parceria, os rotarianos vão plantar mais 200 mudas.
A programação conta com a visita ao Museu da Água, onde será recepcionado com um welcome coffee oferecido pelo Saee (Serviço Autônomo de Água e Esgoto). Às 10h, o engenheiro agrônomo e pesquisador científico do Instituto de Zootecnia /APTA/SAA, João José Assumpção de Abreu Demarchi, ambientalista defensor de um desenvolvimento inovador e sustentável, falará sobre o tema Restauração Ecológica e a Importância da Manutenção dos Plantios. Na sequência, o deslocamento até a barragem, onde acontece vistoria monitorada ao plantio realizado em 2017 e o plantio das 200 mudas cedidas pelo Saee.

Foto: Divulgação/Eliandro Figueira-PMI

Deixe uma resposta