Etecs e Fatecs recebem pedidos de redução e isenção da taxa de inscrição até segunda

Cidades

O prazo para candidatos solicitarem diminuição do valor da taxa de inscrição do Vestibulinho das Escolas Técnicas (Etecs) ou isenção e redução para o Vestibular das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) termina nesta segunda-feira (23).

A seleção para os cursos oferecidos pelas unidades se dará por meio de análise do histórico escolar, sem a realização de prova presencial ou online. A mudança do critério de avaliação se fez necessária para atender as recomendações sanitárias, em virtude da pandemia de coronavírus.

As datas para as inscrições dos processos seletivos são diferentes e ambas poderão ser realizadas apenas vias sites oficiais da Fatec e Etec.

Etecs

Os pedidos para redução de 50% da taxa de inscrição do processo seletivo das Etecs devem ser feitos exclusivamente pela internet, até às 15h do dia 23 de novembro. O valor integral é R$ 19,00.

Os interessados no benefício devem preencher o formulário disponível na seção “redução” do site. Após essa etapa, é necessário enviar por meio de upload, os seguintes documentos: comprovante de escolaridade e comprovante de renda.

Candidatos desempregados, autônomos e aposentados devem seguir as instruções descritas na portaria, disponível no portal.

Para solicitar o desconto, é preciso ser estudante regularmente matriculado em uma das séries do ensino Fundamental ou médio, em curso pré-vestibular ou em curso superior de graduação ou pós-graduação. O interessado também de ter uma remuneração mensal inferior a dois salários mínimos (R$ 2.090) ou estar desempregado.

A resposta ao pedido será divulgada em 1º de dezembro somente pela internet.

O candidato que receber o benefício precisa fazer a inscrição para o processo seletivo, em um único curso na Etec, a partir de 1º de dezembro.

Fatecs

O pedido para redução ou isenção da taxa de inscrição também deve ser feito até às 15h de segunda-feira (23), via site. Serão concedidas 6 mil isenções e o valor total da taxa é R$ 39,00.

Candidatos podem pleitear os dois benefícios, desde que atendam aos requisitos. Neste caso, é preciso fazer duas inscrições. Os documentos, tanto para redução, como isenção, são os mesmos: comprovante de escolaridade e comprovante de renda. Candidatos desempregados e autônomos devem seguir as instruções disponíveis no portal.

Os requisitos para solicitar redução são iguais aos das Etecs: ser estudante regularmente matriculado em uma das séries do ensino Fundamental ou médio, em curso pré-vestibular ou em curso superior de graduação ou pós-graduação. O interessado também de ter uma remuneração mensal inferior a dois salários mínimos (R$ 2.090) ou estar desempregado.

Agora, segue abaixo os requisitos para quem for pedir isenção:

  • Ter concluído integralmente o Ensino Médio no território brasileiro; ou estar concluindo o terceiro semestre da Educação de Jovens e Adultos – EJA (supletivo) em escolas da rede pública (municipal, estadual ou federal) ou em instituição particular; ou estar concluindo o curso no Centro Estadual de Jovens e Adultos (Ceeja) com carga horária flexível e atendimento individualizado;
  • Ter renda familiar bruta mensal máxima de dois salários mínimos (R$ 2.090) por pessoa; se for independente, renda bruta mensal máxima precisa ser nesse mesmo valor.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta