342 candidatos disputam as 12 vagas na Câmara de Vereadores

Política

Estão registrados no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 342 candidatos a vereador em Indaiatuba para a eleição de 15 de novembro. A média de 28,5 candidatos por vaga.

A maioria dos 21 partidos, Avante, Cidadania, DEM, MDB, Patriota, PDT, PMB, PODE, PP, PRÓS, PRTB, PSB, PSC, PSD, PSL, PSOL, PT, PV, Republicanos e Solidariedade, estão com chapas completas de 18 nomes na disputa.

Os partidos PSDB e PL, embora coligados a uma chapa majoritária, não lançaram candidaturas a vereador no município.  

O limite de gasto por candidato ao legislativo municipal, estipulado pela justiça eleitoral, é de R$ 100.025,57.

O subsídio que o vereador recebe por mês é de R$ 7.722,37. No início do atual mandato, em março de 2017, os doze vereadores aprovaram o aumento dos seus próprios salários, do prefeito, vice e dos secretários, o que acabou gerando revolta da população. Na sessão seguinte, o texto que dava 5,35% de reposição, acabou sendo vetado. Cada vereador tem direito a 3 assessores, e cinco veículos com motorista estão a disposição do Legislativo. A Câmara Municipal emprega 86 funcionários, efetivos e comissionados.

Foto: Arquivo

Deixe uma resposta