Após 3 meses do primeiro registro de Covid-19, Indaiatuba contabiliza 1.629 casos

Cidades

A taxa de ocupação dos leitos de UTI para o Haoc é de 92% e para o Hospital Santa Ignês 67%.

Após 3 meses da divulgação do primeiro caso de coronavírus em Indaiatuba, a Secretaria de Saúde contabilizou neste terça-feira (30) mais 130 casos positivos de Covid-19. A quantidade de óbitos se mantém em 62. Também foram acrescentadas 560 notificações, e outros 130 casos positivos de Covid-19, além disso, foram descartados 470 suspeitos.

Sendo assim, Indaiatuba soma 9.670 notificações; 1.629 confirmados, sendo que 62 evoluíram a óbito; 1.536 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 31 confirmados estão internados. Ainda há outros 60 casos suspeitos aguardando resultado.

Atualmente há 37 internados em leito clínico e 30 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 63% para o Haoc e 88% para o Hospital Santa Ignês, referente aos leitos de UTI para o Haoc é de 92% e para o Hospital Santa Ignês 67%.

Deixe uma resposta