Toyota projeta em 2019 novos recordes em produção e vendas

Auto Teste

A Toyota projeta dar continuidade, em 2019, ao ciclo virtuoso de crescimento que tem proporcionado à marca elevar o patamar de vendas a quatro anos consecutivos. Amparada pelo compromisso com o desenvolvimento do País por meio de uma série de investimentos no negócio, na busca pela eficiência, qualidade em produtos e serviços, a empresa projeta novo aumento de vendas da ordem de 9,5% sobre o ano passado.
Após concluir 2018 com o melhor desempenho de sua história no Brasil, quando registrou mais de 200 mil unidades comercializadas, neste ano a companhia prevê comercializar 219 mil unidades. Para cumprir a meta, a Toyota segue firmemente orientada pelo propósito de buscar o sorriso e a satisfação de seus clientes por meio da oferta de melhores produtos, serviços e soluções sob medida para suprir as expectativas e a crescente demanda dos consumidores no território nacional.
O foco na eficiência operacional, por sinal, será motor propulsor no fortalecimento da atividade em 2019. Com suas unidades industriais instaladas no País operando em capacidade plena, a Toyota do Brasil deve atingir volume de produção de 225 mil veículos, 7,6% maior que em 2018, período em que as fábricas totalizaram pouco mais de 209 mil veículos produzidos, recorde histórico para a companhia. Deste volume, 28,2% será exportado para os parceiros comerciais da América Latina. O percentual corresponde a quase 65 mil unidades de tudo o que a Toyota vai produzir localmente. Atualmente, na lista de destinos do compacto Etios e do sedã médio Corolla estão seis países, enquanto o Yaris, lançado em junho de 2018, deu início à sua trajetória internacional em agosto, chegando à Argentina. Em janeiro deste ano, o compacto premium passou a ser exportado também para a Colômbia.
O bom momento das exportações da Toyota está em linha com o crescimento de vendas da empresa na região. No total, mais de 400.000 veículos Toyota foram comercializados na América Latina em 2018, crescimento de 5% sobre 2017. Adicionalmente, a região contribuiu com 14% do crescimento da empresa em todo o mundo.
“Em 2013 a Toyota iniciou seu plano de regionalização na América Latina e agora podemos ver os frutos dessa iniciativa. No ano passado, em comparação com 2012, nossa produção na região cresceu 87%, as vendas aumentaram em 37% e nosso market share saltou de 5,2% para 9,5%. Sonhos como este só acontecem quando trabalhamos juntos como um time e uma região. Nós queremos seguir colaborando e sermos cada vez mais competitivos em nível global”, afirma Steve St.Angelo, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe e Chairman da Toyota do Brasil, Argentina e Venezuela.

Investimentos

Em 2018, a Toyota do Brasil anunciou um investimento de R$ 1 bilhão para a modernização de sua fábrica de Indaiatuba, que atualmente é responsável pela fabricação do Corolla, sedã médio mais vendido do País e do mundo. A unidade, que completou 20 anos em setembro do ano passado, está sendo preparada dentro de um processo de modernização para se tornar mais flexível e competitiva no cenário brasileiro e latino-americano, com o intuito de produzir carros cada vez melhores.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta